A beleza é quantizada

12/09/2010 § 2 comentários

[Esse post é o resultado de um dos diversos questionamentos interessantes (aham, Cláudia, senta lá) que nós cientistas temos diariamente. Nem sempre quando resolvemos aplicar certos conceitos da Física no mundo cotidiano, o resultado é algo útil. Na realidade, a maioria das vezes sai algo completamente bizarro e, assim, surgem as nossas discussões inúteis.]

A quantização (que inspirou o nome desse blog) é um conceito importante e até mesmo fundamental para muitas teorias físicas. O conceito mais básico ao qual ela se aplica é a matéria: pode-se dizer que ela é quantizada, no sentido de que é formada por um número inteiro de partículas elementares. Ou seja, não pode-se obter uma amostra de matéria com dois prótons e meio ou um terço de elétron. Outra idéia fundamental para o qual ela é importante é a carga elétrica: toda carga elétrica deve ser múltipla de uma carga fundamental, que é a carga do elétron.

Com o surgimento Mecânica Quântica, no início do século XX, o conceito de quantização ganhou ainda mais importância. Nessa teoria, muitas outras grandezas também são quantizadas, como energia de um átomo.

Com base nisso tudo e a partir de uma imaginação muito fértil das pessoas ao meu redor, surgiu a Teoria da Quantização da Beleza. Ela diz o seguinte: a beleza é quantizada e existe um nível fundamental, de modo que toda beleza medida seja um múltiplo desse. Como devemos aplicar, então, essa teoria (que, de certa forma, muda nossa visão do mundo desde então)? É assim:

  • Primeiro, junte-se a seus colegas e decida qual é a mulher mais feia que vocês conhecem. Para a unidade ser bem utilizável, ela deve se parecer com um capeta menstruado para os números utilizados na medição serem grandes, facilitando as comparações. Algo assim está bom:

Normalmente, batiza-se a unidade como U.[ ]., onde no espaço [ ] entra a inicial do nome da infeliz e essa abreviação significa unidades [nome]. Por exemplo, se o nome dela for Andréia, teremos a unidade U.A., que significa unidades Andréia.

  • Depois, vocês devem estabelecer outra mulher conhecida, mas dessa vez uma extremamente bonita, que vai ser o nível 100 unidades da escala criada. Voltando ao exemplo, se a gostosa chamar-se Cíntia, teremos 1 U.C. (unidade Cíntia) = 100 U.A.
  • Agora, basta divertir-se dando valores da sua novíssima escala de beleza a qualquer ser feminino que cruzar o caminho de vocês (o máximo não é 100 unidades).

IMPORTANTE: Se por acaso surgir alguma outra conhecida mais feia que o nível fundamental, a escala deve ser imediatamente mudada!

Isso porque eu nem falei ainda que a beleza também depende do referencial que a mede, ou seja, está inserida na Teoria da Relatividade…

Anúncios

Tagged: , ,

§ 2 Responses to A beleza é quantizada

  • Krissia diz:

    De fato, a beleza é quantizada! Contudo, existe um fator que pode intervir significativamente no sistema estudado neste caso, promovendo uma transformação que poderá elevar o nível de beleza a uma escala maior. Tome como exemplo um elétron excitado que pode passar de uma órbita para outra ao receber energia. No sistema de beleza esse fator é o dinheiro. Com alguns milhares de dólares é possível mudar um sistema com 1 U.A. para alguns U.C. facilmente.

    Só uma dúvida: não tem uma escala para associar à quantização da beleza masculina? Por exemplo, a escala mínima poderia ser U.T. ( unidades Tiririca ).

  • Glamour diz:

    Se essa brincadeira virar mania vou ficar muito feliz iuhAUIehUIeHEuihAUHEUI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading A beleza é quantizada at Quantasneira!.

meta

%d bloggers like this: