Personalidade musical dos físicos

21/09/2010 § 7 comentários

Com a minha vasta experiência em conviver com físicos, pertencentes a uma classe de animal muito interessante, reuni informações sobre o comportamento musical deles e percebi que pode-se saber muito sobre suas personalidades de acordo com o tipo de música que ouvem. Primeiro de tudo: todo físico ouve som pesado, de Classic Rock a Death Metal. Nenhum deles escapa! Pode até entrar no curso sem ouvir nada do tipo, mas acaba gostando com o passar do tempo e viciando.

Vou chamar a atenção para três subdivisões que eu acho marcantes:

1. Que ouvem Classic Rock: São os físicos com a personalidade menos estranha, dotados de características de dançarinos de axé. Usam calças jeans da moda, como as pessoas normais, camisetas que não foram compradas durante a infância e podem até eventualmente conseguir namoradas. Também não têm uma opinião muito forte, podendo até ter algum tipo de religião. Tentam espalhar pra quem podem que a Física não é um antro de aberrações e conseguem ser bem sucedidos, fazendo algumas pessoas pensarem que a imagem de um nerd babando não tem nada a ver conosco.

2. Que ouvem Melodic Metal: Normalmente se arrumam bastante, mesmo que a sociedade não reconheça vestir uma camiseta de banda, uma calça preta colada e vários apetrechos com lanças de metal e crucifixos como uma roupa apresentável. Não são homossexuais grande parte das vezes (embora tenham uma inclinação maior à dar uma agasalhada), mas são sensíveis: gostam de poesias e dos belos sons de um violino. Se emocionam com a música, acompanhando os diversos agudos até suas pregas vocais estourarem. Em maioria, ateus.

3. Que ouvem Death Metal: Destróem qualquer alegria com um simples olhar, o que não quer dizer que não sejam divertidos quando querem. Têm inclinações ao Satanismo e à visitas ao cemitério. Somente mudam seu visual se for para acrescentar algo agressivo, mas a maioria se basea em uma camiseta de banda e calça jeans sempre velha (comprar calças já envelhecidas ou estragam-na no momento imediatamente posterior à compra). Os pulsos têm fortes chances de terem sofrido algum corte recente (cheque as cicatrizes).

Para analisar o seu físico de estimação, basta ver a qual dessas classificações ele está mais inclinado (veja as músicas que ele ouve e de qual grupo ela mais se aproxima) e providencie os cuidados necessários!

Anúncios

Isa contra Isaac

19/09/2010 § 3 comentários

A Internet é uma ferramenta extremamente fantástica, não existe palavra melhor que a defina. A enorme quantidade de informação acessível (sempre acompanhada do discernimento de fontes seguras dos espalhadores de boatos) cria um mundo de possibilidades de conhecimento a todos que a ela têm acesso. Podemos ler sobre Biologia Celular e, um clique depois, nos deparar com um artigo sobre Astrofísica. Com todas essas maravilhas, todos podem saber sobre as teorias de Einstein, o modelo atômico de Bohr, a dualidade onda-partícula, o cabelo novo do Fiuk… É, infelizmente a Ciência perde pra essas desgraças.

Pra mostrar do que eu estou falando, resolvi fazer um teste de popularidade dos cientistas no Google. Olhem os resultados:

Começou bem. O físico vivo mais conhecido e importante da atualidade perde pra nada mais nada menos que a hiper talentosa e criativa (aham, Cláudia, senta lá) escritora do livro “Crepúsculo”, Stephenie Meyer, e para a música baladesca “Stereo Love”. É óbvio que esse fantástico livro tão famoso e uma música com uma letra complexa formada por cinco pronfundas frases são muito mais interessantes que buracos negros… Not!

Passando agora pra Carl Sagan, um dos maiores divulgadores de Ciência da história. Tem diversos livros ótimos escritos, que tratam os fatos científicos de uma forma diferente e divertida. Entretanto, perde para a Carla Perez e para o estilista (que eu confesso que nunca tinha ouvido falar) Carlos Miele, dono da marca M. Officer. Pessoas que trabalham com roupas, como o último, suprem uma necessidade nossa de nos embelezarmos e as que trabalham sem roupa (piada nova), como a primeira, cuidam de uma outra necessidade importante… É muito melhor do que se divertir lendo!

Niels Bohr, que formulou o que foi um dos primeiros indícios da quantização de uma grandeza física na Natureza (encaminhando a comunidade a, mais tarde, fundar a Mecânica Quântica). Importantíssimo! Mas nem tanto quanto uma cervejinha.

Newton funda sozinho toda a Mecânica Clássica e perde pra uma novelinha mexicana que deve ser um High School Musical pra imigrantes dos Estados Unidos.

Sem mais comentários, acho que deu pra entender, né?

Where Am I?

You are currently browsing the Consequências da Física category at Quantasneira!.